Páginas

abril 07, 2010

NOVO G7 NA DIÁRIO TV
Grupo da virada, dá entrevista ao Jornalista Anderson Duarte
A Diário TV entrevistou os responsáveis pela atual mudança política nos rumos da Câmara de Vereadores de Teresópolis. Entrevistados pelo Jornalista Anderson Duarte, os Vereadores Waguinho, Cleyton Valentim, Dr. Carlão, Cláudio Mello, Ademir Enfermeiro, Marcelo Oliveira e Mandinho deram as suas considerações a respeito do acontecido na noite dessa terça, no plenário da Câmara que teve sua sessão encerrada pelo Presidente, Dr. Habib, sob a alegação de falta de segurança. Os edis entrevistados fizeram várias críticas a atual gestão e apontaram o resgate da imagem da Câmara junto a sociedade como uma das principais motivações para a formação da atual chapa que concorrerá a a eleição da nova Mesa Diretora. O site da Câmara não passou despercebido pelos Vereadores ao levar 70 mil dos cofres públicos e figurar entre um dos mais inoperantes e desatualizados do município. O vídeo do Presidente que vazou na internet também foi lembrado bem como o concurso público para vagas na Câmara que foi cancelado pela justiça.

Confira nos vídeos abaixo:







Dando sequência ao assunto e mostrando credibilidade e imparcialidade, a Diário TV agora pretende convidar Dr. Habib, Paulinho Carvalho, Major Anderson, Arlei e Anjinho, agora minoria na Câmara, para falar sobre o assunto.

BOLA DENTRO
O SINDMAR (Sindicato Nacional dos Oficiais da Marinha Mercante) e a Fundação Homem do Mar acabam de adquirir uma área com cerca de 845.000m², na localidade de Prata dos Aredes, no 3º Distrito, para a instalação em Teresópolis do CSA – Centro de Simulação Aquaviária. O centro de simulação é considerado o mais moderno do mundo, com capacidade tecnológica superior a dos concorridos simuladores dinamarqueses, noruegueses e norte-americanos.
Trata-se de um investimento na ordem de R$ 30 milhões, direcionados para a construção de moderna estrutura de um centro de treinamento específico, destinado à capacitação de profissionais do setor aquaviário e da área de pesquisa e desenvolvimento. Integrando equipamentos de ponta e programas de simulação, o CSA tem capacidade de simular em ambiente virtual toda e qualquer situação no mar.
O complexo do CSA em Teresópolis contará com unidades que representam compartimentos de uma embarcação, com seis passadiços, ponte de comando de embarcação, duas praças de máquinas com consoles reais e mais duas em PC. Nessas estruturas, os marítimos enfrentarão problemas simulados e terão que solucioná-los durante treinamento específico.
Parceria firmada com a Prefeitura de Teresópolis, através da Secretaria de Trabalho e Emprego, garante a contratação de mão-de-obra local para a realização das obras de construção do complexo do CSA, que contará também com estrutura de hotelaria e de gastronomia, para alojar os profissionais durante os cursos de treinamento. “Além de Teresópolis contar com moderníssimo centro de simulação e que, certamente, atrairá visitação do mundo todo, a previsão é que sejam gerados em torno de 300 empregos diretos durante as obras”, comemora o Secretário de Trabalho e Emprego, Marcos Ferreira dos Santos. “Esse empreendimento atende ao anseio do Governo Jorge Mario de implantar no município um pólo de tecnologia e também à política de geração de emprego. Acredito, inclusive, que o CSA motivará novos investimentos para este segmento”, conclui.
Atualmente, o terreno está na fase de limpeza. “Estamos elaborando um projeto definitivo de construção do Centro de Simulação Aquaviária para dar início às obras até o fim do ano. A previsão de conclusão é de dois anos”, antecipa Jailson Bispo Ferreira, diretor financeiro do SINDMAR e da Fundação Homem do Mar. Ele garante que será utilizada apenas a área descampada para a construção do complexo, sendo preservada toda a mata nativa do entorno. “Essa parceria com a Prefeitura promete ser bastante produtiva, uma vez que nosso interesse é promover o desenvolvimento tecnológico da região, além de colocar Teresópolis no mapa da simulação aquaviária”, finaliza Jailson.

Nenhum comentário: