Páginas

agosto 25, 2009

Há quem diga que o frio fez o esquilinho da campanha A Seleção Brasileira é Nossa hibernar. O fato é que após o lançamento do mascote, criação da designer Juliana Abrahão, pouco se ouviu a respeito da campanha.


A Secretaria de Comunicação nos informou que aguarda a chegada da Seleção Brasileira, que treinará em setembro por aqui, para intensificar a campanha A Seleção Brasileira é Nossa.



Eleitos os conselheiros do Orçamento Participativo

Caravanas do OP vão percorrer a cidade

Foram eleitos no último sábado, 22, os vinte conselheiros e dezenove suplentes que formam o Conselho do Orçamento Participativo.

A eleição aconteceu durante o I Fórum Municipal de Delegados e Delegadas do Orçamento Participativo 2009-2010, que reuniu 83 dos 105 delegados que representam as dez regiões em que a cidade foi dividida. São os conselheiros que, junto com a Prefeitura, vão elaborar a proposta orçamentária anual. Antes, eles percorrerão a cidade na Caravana do OP, acompanhados do prefeito, indo aos locais indicados como prioridade em todas as regiões para conhecer as demandas de cada bairro da cidade e localidade do interior. As datas das visitas serão divulgadas em breve.

video
Os conselheiros têm que zelar pelo cumprimento das propostas eleitas por cada região, pois eles representam os interesses de toda a cidade. Delegados e conselheiros têm mandato de um ano. “O prefeito Jorge Mario assumiu o compromisso de atender pelo menos uma das três demandas apontadas por cada região. A partir de 2010, vamos propor que seja estabelecido um percentual de recursos no orçamento municipal para ser destinado ao Orçamento Participativo”, informou a secretária municipal Denise Lobato, responsável pelo processo de implantação do OP em Teresópolis.

Os conselheiros eleitos aprovaram a participação da população em todo o processo democrático de implantação do Orçamento Participativo. “Só temos a ganhar cada vez que a sociedade se organiza para atuar ativamente na gestão pública”, disse o conselheiro Alexandre Paim, eleito pela Região 2. “Esse é o espaço onde a comunidade pode se expressar e conquistar as melhorias que deseja para sua comunidade e, em consequência, para toda a cidade”, opinou a conselheira Tânia Iorio de Rezende, da Região 4. “Devemos permanecer unidos e cada vez mais organizados, pois só deste modo vamos conquistar as melhorias que buscamos”, comentou Sidney Nunes de Moura, presidente da Associação de Moradores da Beira Linha e eleito conselheiro do OP pela Região 5. O regimento interno do OP garante uma vaga no Conselho do Orçamento Participativo para a FAMEAT – Federação das Associações de Moradores e Entidades Associativas de Teresópolis, que será ocupada pelo presidente da federação, Valdir Paulino.


Viabilidade das demandas

O Fórum Municipal de Delegados e Delegadas do OP contou com a participação de secretários e representantes da secretarias municipais de Agricultura, Cultura, Desenvolvimento Social, Educação, Esportes, Governo, Meio Ambiente, Obras e Serviços Públicos, Saúde, de Trabalho e Emprego e da Ouvidoria Geral. Cada um apresentou os projetos realizados em benefício da comunidade e informou a viabilidade de execução das três propostas vencedoras de cada região, decididas pela população. Vários projetos da área de Educação apontados como demandas do OP já estão em andamento, como a reforma e cobertura da quadra esportiva da Escola Governador Portella, no Jardim Pinheiros, a ampliação da Escola Sylvio Amaral dos Santos, na Granja Guarani, e a transformação em creche do antigo prédio da Escola Neidy Angélica, em Vargem Grande , no 3º Distrito.

Já na Saúde, foi confirmado o compromisso do Governo Jorge Mario de ampliar de 36% para 70% a cobertura da população por equipes de saúde da família até 2012. Também foi informado que a Administração Municipal está buscando alternativas para solucionar a falta de espaço para ampliação ou construção de novos postos de saúde. Isso porque, por exigência do Ministério da Saúde, essas unidades só podem ser construídas em terrenos com documentação legalizada e registrada em cartório de imóveis. Entretanto, essas áreas são cada vez mais difíceis de serem encontradas, e isso dificulta, inclusive, a Prefeitura de investir em desapropriações para este fim.

Nos próximos dias serão marcadas reuniões com os delegados do OP do 2º e do 3º Distrito para traçar a estratégia de recuperação e melhorias das estradas do interior, ação que vai priorizar a revitalização das estradas vicinais para facilitar o escoamento da produção agrícola.

Na área de esporte, o secretário de Esportes, Leandro Aschar, anunciou as obras de revitalização das praças Nossa Senhora Aparecida, no bairro de São Pedro, e Maria Corina Paim Turl, na Barra do Imbuí, para a implantação de academias populares. Construídas com verbas federais, as academias populares serão compostas por aparelhos de ginástica e musculação, coordenadas por professores de educação física da Secretaria Municipal de Esportes. Também foi anunciada a construção de uma pista para caminhada na Praça Juscelino Kubitschek, no bairro de Fátima, onde funciona a Casa de Cultura, e a revitalização da Praça Higino da Silveira, no Alto, com a recuperação da quadra poliesportiva.

Outra demanda apontada nas plenárias do OP foi a realização de projetos de economia solidária com foco na geração de trabalho e renda. Neste setor, o secretário de Desenvolvimento Social, Ary Moraes, informou que a secretaria vem investindo na organização de cooperativas e associações para atuar na coleta seletiva de lixo e em oficinas de costura para a confecção de uniformes escolares. Também foi anunciada para 2011 a instalação em Teresópolis de um restaurante popular, com a meta de servir 500 refeições diárias a R$ 1.

OS CONSELHEIROS

Região 1 - São Pedro, Granja Primor, Pimentel, Rosário, Perpétuo
Titulares: Sérgio Ponciano, Emanuel Barbosa da Conceição
Suplentes: Roseli Leal de Oliveira, Leonardo Bittencourt

Região 2 - Prata, Fischer, Quinta Lebrão, Albuquerque, Fonte Santa, Recanto dos Artistas, Vale do Paraíso
Titulares: Alexandre Paim, Ângela Vaz de Ulhôa
Suplentes: Joel Galo de Oliveira, Rosayni Batalha

Região 3 - Jardim Salaco, Posse, Golfe, Granja
Florestal, Parque do Imbuí, Caleme, Quebra Frascos, Quinta da Barra, Barra do Imbuí
Titulares: Zé Waitz, Sirlei Almeida Rabello
Suplentes: Helenice Lima da Costa, Paulo Henrique Andrade

Região 4 - Tijuca, Parque São Luiz, Jardim Pinheiros, Várzea, Paineiras, Vila Muqui
Titulares: Luiz Carlos Gomes, Tânia Iorio de Rezende
Suplentes: Nelson Batista dos Santos, Elmar Duarte

Região 5 - Jardim Europa, Agriões, Panorama, Pimenteiras, Fazendinha, Cascata Guarani, Corta Vento, Jardim Serrano
Titulares: Sidney Nunes de Moura, Jorge Luiz Maia
Suplentes: Geremias da Cruz Xavier, Maria José Aguiar

Região 6 - Alto, Fátima, Araras, Soberbo, Carlos Guinle, Santa Cecília, Caxangá, Barroso
Titulares: Jorge Cotoman, Eluana Rosa Meira
Suplente: Ozimar da Costa

Região 7 - Jardim Meudon, Meudon, Vale da Revolta, Bom Retiro, Ermitage
Titulares: Tadeu Florêncio da Cruz, Celso Francisco da Silveira
Suplentes: Maria de Fátima Amorim, Rafael Pacheco de Paiva

Região 8 - Jardim Cascata, Iúcas, Taumaturgo, Cascata dos Amores, Parque do Ingá, Granja Guarani
Titulares: Armindo Gonçalves Coelho, Júlio César Cláudio
Suplentes: Fernando Pinto Alves, Roberto Mauro da Costa

Região 9 - 3º Distrito
Titulares: Manoel Gonçalves, Fernanda Lima de Oliveira
Suplentes: João Batista de Oliveira, Roberto Selig

Região 10 – 2° Distrito
Titulares: Venâncio Damásio, José Luiz Nunes
Suplentes: Leomir Ramos, Marina Maria de Souza




O uso do capacete é obrigatório pelos motoqueiros, segundo determinação do Código Nacional de Trânsito, mas, em São Sebastião, no agreste alagoano, o juiz Jairo Xavier Costa proibiu o seu uso por motoqueiros. Para ele, os criminosos acabam agindo com a motocicleta, mas ocultados pelo capacete.

"Essa medida não deve ser considerada uma rebeldia aos princípios constitucionais", disse o magistrado. "Mas, o nosso objetivo é contribuir para a redução da violência", afirmou.
A decisão foi comunicada às polícias civil e militar, além do poder Executivo e é válida apenas para São Sebastião.
A decisão do juiz se estende ainda ao passageiro ou caroneiro da motocicleta. Na semana passada, na primeira reunião do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), criado em Alagoas para combater a ação dos crimes de mando e a pistolagem, o secretário de Defesa Social, general Sá Rocha, determinou a realização de blitze no Estado nas motos. "Os criminosos hoje agem com a moto e depois fogem", afirmou.
Flagrante na entrada do Shopping Teresópolis:


Nenhum comentário: