Páginas

maio 23, 2009

BADARTS - Há mais de 3 anos produzindo estranhezas.
.

Enquanto os políticos quebram a cabeça, os artistas dão um show.


A teresopolitana Taynah foi destaque no programa do Jô Soares. Taynah iniciou sua vida musical ingressando em aulas de canto erudito e popular. Começou com um grupo vocal, mas a escolha foi enveredar pelo mundo idílico da MPB e suas vertentes das mais variadas. Nestes passos, acumulou em sua bagagem cursos de música, expressão corporal e noções de interpretação no Tablado. Aos 16 anos começou a fazer shows profissionalmente, quando percebeu já estava a serviço da música. Em 2005 chegou a hora de difundir o sangue criativo que corria em suas veias há tempos e até os dias atuais. Taynah convidou o compositor, cantor e violonista pernambucano Mani Carneiro para produzir o show MPB & TAL, projeto que assume o descompromisso com o rótulo delimitado pelos estilos musicais e assume o compromisso com a canção e suas pluraridades. Desenvolveram pesquisas intensas, contando ainda com o talento de Julio Alecrim (baixo), Rogério Miranda (tio do nosso Nathan na guitarra), Rodrigo Veiga (bateria) e Bruno Carneiro (percussão). Foi cuidadosamente escolhido um repertório que tivesse músicas autorais, inéditas e releituras de compositores consagrados de diversas partes do país. Esse show gerou um DVD Release em 2005 e no ano seguinte o Sesc RJ selecionou o trabalho como uma das revelações da MPB. Depois de 3 anos entre turnês e estúdio, chega ao mercado seu primeiro cd Taynah MPB & TAL, onde novas composições e arranjos mostram a evolução do trabalho, conquistam novos espaços e finalmente satisfazem a fidelidade e espera do público que já acompanhava o trabalho pelas estradas.Confira a apresentação no vídeo abaixo:


Confira muito mais da Taynah clicando nos links abaixo:

http://www.mpb.com/com/default.asp?session=perfil&usuario=6354

http://www.taynah.com/

.

A Cial Construtora é parceira do BADARTS.

http://www.cialconstrutora.com/

.

por Luciano Zimbrão
.

Quem nunca passou por uma situação surreal? Graças as inconsistências que só as amizades geradas pela WEB podem nos oferecer, esse final de semana me meti numa confusão das boas.

O fato é que há cerca de 15 dias atrás um amigo, desses que fazemos pela web, se apresentou como "o salvador da lavoura", dizendo querer mudar a minha vida pois viu em mim o potencial para um projeto que iria de encontro a todas as minhas atividades. De início os ganhos seriam de cerca de 4 mil reais mensais e isso dobraria de acordo com meu empenho. Apesar do montante ser interessante, nenhuma informação desse "projeto milagroso" me foi passada. O que eu sabia era que ficaria rico "da noite pro dia" graças a esse amigo que, iluminado por Deus, decidiu "me ajudar". Não darei o nome dele pois se trata de uma pessoa conhecida na cidade, muito menos darei o dos outros envolvidos na história ou da empresa, até porque aqueles que se apresentaram como salvadores da pátria já me ameaçaram processar caso divulgue essas informações. Ou seja, se antes eu estava duro, agora estou duro e semi-processado. Só rindo. Mas, deixando as incoerências de lado, a real intenção desse post é trazer a público a situação surreal na qual me envolvi. Quem me conhece sabe bem como sou. Careca, baixinho, tatuado, anti-social, mal-humorado, mal vestido, mal alimentado e muito mal educado. Sou da política do "gostou, seja bem vindo, não gostou? Foda-se!" e é exatamente assim que me defino em meu Orkut com o intuito de evitar a decepção dos desavisados que por motivos alheios possam ligar a imagem de um blog descontraído com a de um verdadeiro palhaço. Enfim, chamo de amigo essa pessoa pelo fato de considerar assim todo aquele que inimigo não é, porém, dado o que estou a prestes a relatar cabe dizer que, graças as "maravilhas" das sociabilidades virtuais, ele construiu uma imagem de mim que não reflete a realidade e exatamente por isso chegamos a uma situação que ficará gravada em minha mente como um dos momentos mais surreais que já passei em toda a minha vida. Enfim, marcamos a reunião para o meio-dia pois esse seria o horário ideal, já que duas horas antes eu precisaria estar na reunião dos esportistas de Teresópolis que acabou atrasando e terminou sem minha presença, ou seja, para não furar com o empresário que salvaria a minha vida, deixei de gravar o final dessa matéria e até o momento não sei dizer como foi o desfecho. Ao meio dia então, no caminho para a misteriosa reunião, encontro com um outro amigo que "por coincidência" tinha o mesmo destino que eu. Ao chegarmos no local encontramos com mais uma amiga em comum que também foi "escolhida" para ganhar dinheiro. Enfim, fomos muitíssimo bem recebidos e então nos foi revelado o mistério. Tratava-se de uma tentativa de formar um grupo de marketing de rede, ou pirâmide, onde esse amigo que nos convidou desejava recrutar seus subalternos (nós, que lindo né?) que ganhariam rios de dinheiro mas que precisariam antes aderir a "causa" com um pequeno depósito de R$ 120.00, para adquirir alguns desses fantásticos produtos de Babosa que estão "revolucionando o mercado", como bem disse o apresentador que apesar de ter apenas a 8ª série, ganha mais de R$ 8.000.00 mensais graças a rede que formou.

"Nossos produtos são tão bons que, num teste, passamos o creme na mão de uma velhinha de 80 anos durante seis meses e no final desse tempo comparamos uma mão com a outra e o que se notou foi um rejuvenecimento de cerca de 40 anos". Eu fiquei imaginando essa cena de terror onde a mão da Sandy dividiria o mesmo corpo com a mão da Dercy, mas tudo bem, é um efeito e tanto! O problema é que apesar de todos nós nunca termos ouvido falar na marca e a apresentação ter sido realizada em vídeos e arquivos em PDF de péssima qualidade, essa empresa, segundo o seu "Gerente Diamante", está em franca ascenção de domínio mundial do mercado e já está presentes em países onde nem mesmo a Coca-Cola chegou. Mesmo não sendo a Igreja Universal (abraço pro Major Anderson) o histórico dos seus funcionários sempre é de uma carreira meteórica, graças a fé em Jesus Cristo e da entrega pessoal que é a garantia de ganhos milionários em pouquíssimo tempo.

Plantar Babosa então seria muito mais lucrativo que a maconha e eu nem sabia disso. Tomara que o Alvaro Uribe já saiba. Mas deixando a marola de lado, só percebi que havia embarcado numa canoa furada após a tantas evidências externadas ali por aqueles homens perseverantes na fé, que sairam da miséria e da falência para uma vida regada de muito sucesso e prosperidade e que apesar do gel no cabelo ainda não tinham aprendido a evitar os sapatos pretos com meias marrons. Comecei a me imaginar batendo de porta em porta, apresentando o creme que faz ruga de saco virar pele de testa. Eu, com essa cara de Samuel Rosa com ET de Roswell, reminiscente do sujo estilo grunge se ser, o mais novo recrutado dessa fantástica empresa que escolhe a dedo todos os seus potenciais ícones de sucesso, agora diante dos reolucionários shampoos de Babosa que poderiam mudar minha vida..

Eu. Logo eu.

"Puta que o pariu! O quê que eu tô fazendo aqui?" - pensei. De cara reagi da forma mais crua que pude, tentando mostrar a todos que ali estavam a situação ridícula a qual estávamos expostos onde o que nos foi passado como os portões para uma vida de prosperidade se resumiu na famosa pirâmide que fez tanto sucesso nos anos 80 e que agora, para minha surpresa, havia voltado, 120 reais mais cara. E no quê que isso tudo deu? Merda, lógico. Ainda que fosse egípcio, não reagiria bem se quisessem me usar como rodapé de pirâmide, muito menos naquela situação onde na verdade aqueles que queriam me salvar, na verdade se apoiavam em mim. Assim funciona a pirâmide ou o, agora renovado, marketing de rede.
.

O Marketing de Rede é um sistema de distribuição ou uma forma de Marketing que movimenta seus produtos do fabricante diretamente para o consumidor, por meio de uma rede de distribuidores independentes. Não existem atacados e grandes distribuidores intermediando a empresa fabricante do produto e o consumidor final. O único intermediário é o distribuidor independente que é uma pessoa física sem vínculo empregatício com a empresa. Isto aumenta a margem de lucros da empresa pois além de reduzir os gastos de distribuição devido a ausência de intermediários, tem os gastos de publicidade reduzidos, pois os distribuidores independentes da empresa encarregam-se de divulgar os produtos e a marca. Além disto, a inexistência de vínculo empregatício, ou seja, carteira assinada reduz o número de funcionários necessários ao funcionamento da empresa sendo assim mais um fator de redução de custo. Com todos estes fatores reduzindo os custos de distribuição e com os distribuidores independentes arcando com todas as responsabilidades descritas, uma parte do lucro da empresa é devolvida aos seus distribuidores.

O Empreendedor de Marketing de Rede trabalha como empresário autônomo, e representa uma determinada companhia executando seu plano de Marketing, divulgando seu produto ou serviço e a oportunidade de negócio oferecida pela empresa, bem como sendo responsável em treinar novos recrutas. É um trabalho que consiste em falar com pessoas e criar relacionamentos. O Marketing de Rede tem por caracter movimentar bens de consumo ou serviços. Já o marketing de pirâmide movimenta apenas o capital dos distribuidores, sem haver troca de benefícios, e no Brasil é enquadrado como crime pela Lei nº 1.521 (inciso IX do 2º artigo). Sendo assim, esquemas como Roda da Fortuna, Avião e outros em que se monta uma base de 3 x 3 x 3 são crimes, pois movimentam apenas dinheiro entre os integrantes.

Enfim, o velho de novo e agora com acréscimo de 120 reais. Era como se o Menudo voltasse do inferno pra acabar com meu dia e agora ainda me obrigasse a pagar para ouví-lo. O marketing de rede pode ser bom pra quem tem o perfil para isso, ainda assim, temos cerca de 100 casos de fracasso para cada 1 de sucesso. Todo esse chato e imenso texto foi só pra mostrar ao amigo internauta que apesar da WEB ter facilitado o contato entre as pessoas, o contato pessoal e a vivência ainda são a melhor maneira de conhecê-las e evitar situações embaraçosas como essa que ainda trouxe muitos outros detalhes surreais que me furtarei de externar para não expor todas aquelas figuraças que me proporcionaram momentos sufocantes onde me senti literalmente um peixe fora dágua. Eu, que deveria estar naquele momento na reunião dos esportistas e que perdi a fala do José Carlos Lippi, lenda do esporte na cidade, ali tentado por ser servir de rodapé de pirâmide. Nem fudendo, né? Tinha que dar merda e deu. O meu amigo que já foi promovido a tijolo de fundação da "mesma obra", ficou muitíssimo emputecido com a minha reação, porém, burro que não é, deverá entender que essa não é a minha praia e que diante da situação, nada melhor que finalizar com um...
A César o que é de César. Sem complicações.
.

"Isso é coisa pra se oferecer pra donas de casa que não tem nada pra fazer" - disparou uma das pessoas que também foram "escolhidas" para essa fantástica máquina de fazer dinheiro.

Confira muito mais das discussões sobre o marketing de rede e suas soluções milagrosas, clicando no link abaixo:

.

A RADIOTEC é parceira do BADARTS.
Visite a Casa da Música!
O melhor em instrumentos musicais agora na RADIOTEC!
2643 2462

2 comentários:

Vívian disse...

Zimbra...
O que tentam me levar pra estas ARMADILHAS não tá no GIBI! Já foi AMWAY, TUPPEWARE e por último, a tal FOREVER que a mulher que TENTOU me aliciar teve o DISPLANTE de dizer que o tal "suco de babosa" CURAVA O CÂNCER!!!!!

FALA SÉRIO, AÊ!

Se tem uma coisa que eu não faço é SUBESTIMAR A INTELIGÊNCIA DAS PESSOAS e também jamais me aproveitaria da credulidade alheia pra ganhar $$$$.

Com todo respeito? Consulte seus advogados e veja se a divulgação do golpe gera REALMENTE processo... fala com o Ruyzinho. Se não gerar, BOTA O NOME E A EMPRESA NA RETA, mermão... golpistas TEM QUE SER DENUNCIADOS!

BEIJOS ENORMES!!!!!

Blog do CDC disse...

Finalmente alguém que acordou na Matrix!! Cara, me mijei de rir com a matéria e já vou logo avisando que será reproduzida no meu blog!! Abração!