Páginas

julho 11, 2008



NOSSA NOVA TERESÓPOLIS : SLOGAN TRICANISTA É ILEGAL

Pelo menos é o que diz o Jornal O Diário de Teresópolis na edição desse Domingo. Segundo o Jornal, a candidata a vice-Prefeita Tia Lu, recebeu uma notificação dando conta de que o Movimento Nossa Teresópolis estaria disposto a processar a ala Tricanista se eles não parassem imediatamente de plagiar o slogan do movimento que desde o início fez questão de frisar que era apolítico mas que agora sofre essa tentativa de abuso de marketing. Outro tiro no pé. A advogada da Assessoria Brasileira de Marcas, Paula Formigioni, explica que a expressão "Nossa Teresópolis" está registrada e protegida de reproduções não autorizadas, imitações ou expressões colidentes por terceiros em todo o território nacional.

Com isso, todo o material da campanha Tricanista que já está pronto, não poderá ir para as ruas com o slogan que pega carona no Movimento Nossa Teresópolis.




O Protestantismo na História de Teresópolis
Quando Brasil e Inglatera, em 1810 selaram seu tratado de comércio, uma das condições impostas pelos ingleses foi que o governo Brasileiro permitisse a instalação dos Evangélicos no Brasil. O interesse de D. João era atrair os estrangeiros e em 1824 vieram os Alemães que no mesmo ano organizaram a primeira comunidade evangélica do Brasil.

O início da população de Teresópolis vem de longe. Existem referências de sesmarias cedidas desde o século 17. Por volta de 1819 alguns suiços ganharam terras do imperador e vieram povoar a região que hoje é Teresópolis.
Nosso clima frio somado a paisagem exuberante atrairam os europeus e 1818 o Inglês George March comprou diversas terras em Teresópolis fixando a sede de sua fazenda onde hoje é o Bairro do Alto. March convidava muitos estrangeiros para passearem em sua fazenda e em 1828 o pastor Robert Walsh veio a Teresópolis dar assistência espiritual aos ingleses mas só passou alguns dias para depois retornar ao rio de Janeiro.
Nessa época a capela de Santo Antônio, no bairro do Alto, já existia e somente em 1867 o protestantismo veio e se consolidou no país com a construção de templos e a evangelização das cidades.


Acima, a Igreja Metodista do Vale Paraíso ainda em construção.
Teresópolis era de dificil acesso e para chegar aqui era preciso pegar uma barca a vapor no porto do Rio de Janeiro, navegar por cerca de trê horas até o porto de piedade na baixada para depois caminhar mais três horas de liteira ou mula até a raiz da serra (Guapimirim). Por fim, descansava-se ao pé da serra para depois subir de mula por mais três horas.
O outro caminho era por itaipava e só em 1930, já com a Estrada de Ferro Rio-Teresópolis, chega um pastor para residir em Teresópolis. O Reverendo Osório do Couto Caire precisava cuidar de sua Tuberculose e foi mandado para Teresópolis indo residir onde hoje é o Hospital das Clínicas e fundando a "Congregação Evangélica Medotista". Assim surgiu a primeira Igreja Evangélica de Teresópolis.




Hoje, 11 de Julho de 2008 Teresópolis amanheceu diferente. Era o mesmo sol, o mesmo inverno mas os corações estavam radiantes. Todos os Teresopolitanos superaram seus medos, suas diferenças em prol de um mesmo mesmo objetivo.Nathan é daqueles meninos que nos fazem esquecer que tem apenas 13 anos. Os médicos descobriram um câncer e agora Nathan precisa de um transplante de medula óssea pra que sua vida volte oa normal. A palavra transplante de início pode assustar mas no caso do Nathan a medula retirada se recompõe em apenas 15 dias. tudo muito fácil a não ser por um detalhe: As chances de encontrar uma medula compatível com o Nathan é uma em cem mil. Não deixe de assistir o vídeo abaixo:

video

Os pais do Nathan foram a luta. Rádios, Tvs, jornais e internet foram acionadas. Teresópolis então se uniu. Gente de todas as cores, raças e credos se encontraram na manhã dessa sexta para celebrarem a vida. O melhor de tudo é saber que podemos fazer isso de novo muito mais vezes. Nathan resgatou a esperança quando uniu a cidade. Esse sábado é o segundo dia de coleta e você que ainda não doou terá a oportunidadede participar dessa vitória.

HOJE, SÁBADO, NO POSTO DE SAÚDE DA VÁRZEA!!!


E já que o assunto é doação, resolvemos retirar esse vídeo dos nossos arquivos pra você entrar no clima...

video

E lembre-se: Não dói nada!!!


A Medalha George March, destinada a cidadãos nascidos em Teresópolis que contribuem de alguma forma para o desenvolvimento do município. A Medalha relembra um dos principais colonizadores, considerado o fundador de Teresópolis.

March transferiu-se de Portugal para o Brasil em 1813, estabelecendo-se no Rio de Janeiro no ramo de comércio variado . Em suas andanças pela Serra dos Órgãos , George March arrendou a Fazenda de Santo Antônio, em terras do hoje Município de Teresópolis. Aí desenvolveu a agricultura e a pecuária e, posteriormente , o turismo e o veraneio, quando melhorou consideravelmente o caminho de acesso pela serra.No último 6 de Julho 13 pessoas foram agraciadas com a Medalha. Estávamos lá e trouxemos o momento em que a Jornalista rita Telles, pioneira na TV Teresopolitana, recebeu a honraria das mãos da ex-vereadora Margareth Rosi. Segue o vídeo:

video


Essa já não é mais tão nova assim nos bastidores da imprensa porém é a primeira vez que trazemos a história para a internet. Reza a lenda que, há algumas semanas atrás um candidato a vereador deixou seu relógio num motel como garantia de que voltaria para pagar a conta. O nome dele? Chega de dar cartaz ao moço...



Waldair Queiroz. A História viva de Teresópolis.


Só eu que não.


Bloqueio do Suor

Médicos reunidos em Congresso de Medicina Estética, realizado no Rio de Janeiro, garantiram que a toxina botulínica pode ser usada no tratamento do suor excessivo na palma das mãos e axilas. A aplicação da toxina inibe a produção do suor pelas glândulas sudoríparas. O efeito dura de quatro a oito meses e os resultados aparecem a partir do 15º dia do tratamento.

Nesta quinta-feira, a ex-vereadora Margareth Rosi, postou em seu perfil no site de relacionamentos, Orkut, uma carta aos amigos em que faz um desabafo e acusa o seu antigo partido e um determinado Deputado Federal de perseguição política. Na noite desta quarta-feira, assinou termo de posse, perante a Mesa Diretora da Câmara Municipal, o primeiro suplente de vereador pelo PPS, Geraldo Araújo.

A ex-vereadora foi afastada do cargo por conta de um processo de infidelidade partidária movida contra ela pelo PPS, que a elegeu. Margareth Rosi é a primeira vereadora de Teresópolis a deixar o mandato por conta dos processos de infidelidades partidárias. Outros dois vereadores, também cassados, Odenir Cardoso e Paulo Maturano, continuam no cargo. O motivo é que os seus suplentes - Adalberto Menezes (PDT) e Fernando Soares de Sá, o Bolo Fofo (PP) - também foram infiéis e podem não assumir por conta disso. Confira na íntegra o texto publicado no perfil da ex-vereadora:


" Meus amigos ...
Sinto ainda não ter respondido as mensagens que me enviaram todas recheadas de muito carinho amor e esperança... Estou vivendo um momento que não consigo definir sei apenas que nunca vi isso em tempo algum e em lugar algum, mas a justiça brasileira tem seus motivos onde em alguns atos punem de forma cruel no desejo impulsivo de cumprir a Lei, que lei é esta que pune a inocentes e alivia bandidos? Que lei é essa que privilegia bandidos corruptos desonestos punindo pessoas que possuem caráter honestidade e retidão. Entrei na vida publica com o propósito de fazer a diferença, pela primeira vez Teresópolis conheceu uma pessoa que lutaria por um segmento da sociedade até então esquecido: os portadores de deficiência. Consegui entrar no cenário político de minha cidade a daí por diante não parei mais... Fui e sou criticada, fui e sou imitada em minhas ações. Teresópolis conhece Margareth Rosi, mulher de fibra forte destemida guerreira enfrentei e enfrento todos com justiça e determinação, sempre lutei pelo meu caráter e honestidade, nunca me corrompi e nunca me corromperei, saio da Câmara Municipal de Teresópolis de cabeça erguida em meio aos festejos de 117 anos o coração está sangrando mais saio de pé, nunca presenciei tamanho descalabro judicial saio pelo fato de ter trocado de "P" quem vota em partido?

Para que serve um partido se nada faz pelo candidato? Se eu entendi que o PPS é um partidinho que apóia atitudes que não concordo por que sou obrigada a ficar nele? Não sou bandido para ser cassada não matei nem roubei diferente do que vemos acontecer todos os dias debaixo do nosso nariz. Não me conformo e jamais me conformarei e por que só eu? Eu fui usada pelo judiciário com o objetivo de limpar a sua imagem tão manchada? Insisto, por que só eu? Não critico a pessoa do suplente que assumiu critico o fato dele não ter sido escolhido pelo povo de Teresópolis! Este cidadão fez simplesmente a metade dos votos que fiz na última eleição aproximadamente 1700 votos. O povo me colocou na Câmara e cabe somente este mesmo povo me tirar. Se fosse ao contrário e eu tivesse que assumir no lugar de alguém legitimamente eleito. Podem crer eu "jamais" tomaria posse num lugar que Teresópolis não me colocou. Mas eu sou assim e as pessoas não têm a obrigação de pensar como eu. Tive grandes desentendimentos com o PPS e um deles que gerou toda esta perseguição, chama-se hipocrisia de um Deputado Federal pára-quedista... Fez um caminhão de votos aqui e nunca mais apareceu nem para dar bom dia e/ou agradecer. Sumiu tomou Doril.

Este cidadão está la em Brasília, mas causou grande estrago aqui e eu denunciei várias vezes na Câmara ele ficou magoadinho e quando teve a oportunidade pediu a minha cabeça... é assim que cidadãos como ele fazem politicagem.

Espero que todos lembrem, este pseudo Deputado Federal abriu um centro social no bairro de São Pedro (claro, com o intuito de garimpar votos de uma comunidade imensa e por tal cheia de necessidades, isto sim é crime), bom enquanto a campanha rolava há 2 anos atrás o dito centro social funcionava a todo vapor atendendo em várias áreas o povo necessitado e eu denunciei e deu no que deu... ele ganhou a eleição com o seu PPS e fez o que todo mau caráter faz "fechou o centro social"deixando a mingua dezenas de pessoas que lá se tratavam...isso é crime ..este Deputado Federal nunca mais apareceu aqui eu tive peito de encará-lo pois também era do PPS e ele me ameaçou e quando teve chance me derrubou.

Isto não é política isto é ser corrupto e mau caráter esta é parte da história de minha cassação... Estou chocada!

Jamais permaneceria num partidinho como esse que usa as pessoas... E ele e seus comparsas pediram a vaga... Sinto pelo desabafo, mas é importante que saibam que ainda existem loucos na política tentei combatê-los... Não me arrependo de nada!Caso me reeleja em outubro/08 podem ter certeza que continuarei... Mais uma vez repito: não matei não roubei! Saio firme e c/mais determinação de mudar esta face da política que todos nos detestamos. Obrigado pelo apoio até então...


Com muito carinho, Margareth Rosi. "


(Fonte: O Diário de Teresópolis)


Do jeito que as coisas estão, melhor não esperar pelo Vaticano...

Um comentário:

Anônimo disse...

Uma vez foi uma desmoralizaçào pro povo mais que sem vergonha dessa cidade infeliz. Uma segunda vez foi inacreditável mas quem tem vergonha na cara nào se admirou...mas a terceira foi de acabar com todo e qq resquício de VNC que poderia existir. pensar que possa contecer pela quarta vez é mais provável que cadeia ter grade...Só por um lilagre nào vai acontecer e nào se esqueçam que se tal acontecer, impugnaçào de candidatura, pode cair no colo do xará dele e aí vai ser nova desgraça, pelo pelos pros caras de pau que fingem nào saber da folha quase que desembestada, ao invés de corrida, do ordimário em pauta...Rsrsrs