Páginas

abril 26, 2014

"CAIXA 2 PETISTA": A OUTRA VERSÃO
De acordo com as informações publicadas no Facebook pelo radialista Raphael Teixeira (clique aqui para conferir), o vereador Cláudio Mello (PT) teria se reunido com o ex-deputado Antônio Carlos Biscaia para tratar da polêmica envolvendo seu nome numa denúncia de caixa 2 para a campanha de 2010. Na sessão da última quinta, Cláudio optou pelo esvaziamento do plenário como forma de ganhar tempo para se defender contra a denúncia protocolada na Câmara pelo ex-companheiro de partido, Ramiro Garcia, que apresentou um pedido de afastamento e abertura de uma CPI que investigue as supostas alegações da Procuradora de Justiça Maria Helena Rodrigues Biscaia, esposa do ex-deputado Biscaia. Segundo a denúncia (clique aqui para conferir), Cláudio teria recebido quinze mil reais das mãos do então Secretário de Governo do então prefeito Jorge Mário, José Alexandre, para a campanha do Deputado que ao tomar conhecimento do fato teria devolvido o montante que já havia sido gasto em parte (nove mil) pelo edil, sem comprovação fiscal.
Abaixo, trecho da publicação do radialista:

QUAL SERÁ A ESTRATÉGIA DEFENSIVA DO VEREADOR?
* De quinta-feira pra cá, Claudio Mello procurou contato com o ex-deputado Biscaia e tudo indica que ambos se encontraram ontem, no Rio de Janeiro.
* No encontro ocorrido na Capital, Cláudio Mello pediu que Biscaia gravasse um vídeo ou assinasse uma declaração desmentindo o fato. Não sei se obteve êxito.
* Claudio Mello se defenderá dizendo que o documento apresentado por Ramiro é forjado e que se o fato realmente tivesse existido, a esposa do Biscaia, como Promotora, teria relatado as autoridades competentes.
* Existe entendimento na Jurisprudência que fatos ocorridos em mandatos anteriores não se comunicam com o mandato atual. Caso este argumento seja adotado na defesa do Vereador e a Câmara acolha o entendimento, a denúncia será arquivada.

Também pelo Facebook, o autor da denúncia protocolada na Câmara, Justiça Eleitoral e Ministério Público, escreveu:
Também pelo Facebook, um dos assessores do vereador disse que as provas apresentadas seriam falsas e que em breve o edil se manifestaria oficialmente sobre o assunto, o que deverá acontecer, no mais tardar, até a sessão da Câmara na próxima terça (29).

Para maiores informações sobre a polêmica, clique aqui.

EVIDÊNCIA UFOLÓGICA
Eles estão entre nós.

Enquanto isso, no Zombie Walk...

Enquanto isso, no Soberbo...


Enquanto isso, na Câmara...
Num oferecimento de Neosaldina

PRA PENSAR...




 A MARROM


Nenhum comentário: