Páginas

janeiro 13, 2012


OVNI NO RIO

MINISTRO DA DEFESA EM TERESÓPOLIS
Celso Amorim, em visita às regiões atingidas pela chuva, fala com exclusividade ao Blog de Terê
Em dias que ex-prefeitos são anunciados como foragidos pela imprensa nacional, muita gente ficou curiosa com o tamanho dos helicópteros que sobrevoaram a região, nessa sexta. Tratava-se do Ministro da Defesa, Celso Amorim, que esteve visitando as cidades atingidas pela chuva. 
A intenção da visita é acompanhar de perto as atividades das forças armadas nas regiões mais afetadas com a chuva desse início de 2012. Celso, que possui uma casa na Rua Guandu, em Teresópolis, falou com a nossa reportagem:
.
12 DE JANEIRO - O VÍDEO
O doze de janeiro foi marcado por uma séria de manifestações e eventos em Teresópolis, que perdeu mais de 400 vidas na tragédia de um ano atrás. Pelos bairros atingidos, o sentimento era de revolta com o poder público, em suas três esferas, devido a lentidão no cumprimento das promessas feitas em rede nacional. Durante a inauguração do memorial em honra das vítimas da catástrofe, o prefeito, Arlei, disse que tem feito o possível em busca da ajuda dos governos estadual e federal pois a prefeitura não tem condições de atender, a contento, todas as demandas. Segundo ele, até o final de janeiro tem início a construção de 1600 casas na Ermitage das casas populares que deverão ser entregues no final de 2013. No auditório da CDL várias palestras foram proferidas durante o seminário Causas e Culpas, promovido pelo Partido Verde. Destaque para a Dra. Anaiza Malhardes que fez um emocionado discurso em defesa da mudança de comportamento do teresopolitano no sentido de evitar que mais vidas se percam por força da natureza. Segundo a promotora, existem hoje mais de 50 mil teresopolitanos vivendo em áreas de risco. No vídeo abaixo, alguns momentos que marcaram esse dia de reflexão.

2 comentários:

Isaa disse...

Não tem nem o que dizer... 1 ano de esperas, 1 ano de abandono, 1 ano de promessas...

Xelalop disse...

Zimbrão parabens pela reportagem, quero contar nos dedos esses 18 meses que serão entregues as casas ...final de 2013 .... sera que podemso acreditar nisso?