Páginas

agosto 16, 2011

DRA CLAUDIA TOMA POSSE
Sai Carlinhos Problema Meu e entra Dra. Claudia Lauand
O Presidente da Câmara de Vereadores de Teresópolis, Cleyton Valentim, no início da noite dessa terça, 16 de agosto, deu posse a Dra. Claudia Lauand, seguindo uma determinação da justiça que entendeu ter sido equivocada a atitude da Câmara de não ter reconhecido nela a real mandatária da suplência do Vereador Arlei, que abriu vaga após assumir, interinamente, a Prefeitura de Teresópolis.
Emocionada, Claudia disse que estaria ainda mais feliz, caso sua presença não causasse desconforto nos Vereadores que, sem consultar o TRE, optaram por dar posse ao Carlinhos. "Não se trata de quem é mais ou menos humilde, é preciso se respeitar a vontade do povo, o mesmo povo que colocou cada um dos senhores aqui" - destacou a Vereadora.
Waguinho, Dr. Carlão, Claudio Mello, Marcelo Oliveira e Mandinho se pronunciaram no sentido de amenizar o embaraço, dando boas vindas a Vereadora. Waguinho deu a entender que a decisão equivocada da posse do Carlinhos Problema Meu não foi unanimidade entre os edis, visto que ele nem sequer foi informado pela Câmara da situação. "Quando cheguei para a sessão, ele já estava aqui" - lembrou Waguinho.
Diante das manifestações dos Vereadores, Claudia pediu desculpas pela má impressão que teve e disse que o mais importante é que todas as forças agora estejam voltadas para a retomada do desenvolvimento do município, principalmente no tocante a reconstrução dos bairros e das vidas que foram atingidas pela catástrofe de 12 de janeiro. Nos vídeos abaixo, alguns dos momentos mais importantes da noite:
.




Quem também passou pela Câmara foi o ex-Vereador Carlinhos Problema Meu, que ocupou uma cadeira no Legislativo por uma semana e que já acionou a justiça na tentativa de reverter a questão.
Dra. Claudia agradeceu aos seus familiares, amigos e a todos que participaram de uma forma ou de outra de suas campanhas eleitorais. Em 2008, ela recebeu o voto de 1743 teresopolitanos, mais que Paulinho Carvalho (1737), Claudio Mello (1505), Waguinho (1332), Marcelo Oliveira (1236) e Dr. Habib (1229). A Vereadora se emocionou ao lembrar que o pai, já falecido, ficaria orgulhoso de ver a filha novamente no Plenário. O Dr. Mauricio Mendes também foi lembrado pela Vereadora que reforçou a reputação do advogado. Claudia, que deixou o PMDB, vindo a ingressar no DEM, disse que conta com o apoio das lideranças do partido mas que o mais importante é saber que o desejo de recuperação da cidade deve ser maior que qualquer sigla e mais uma vez fez um apelo para que todos se unam em prol da cidade.
_________


____


O BOM E VELHO ARANHA
O Espetacular Homem Aranha traz herói mais fiel aos quadrinhos
Após 3 filmes interpretando o herói aracnídeo mais famoso do mundo, Tobey Maguire passará para a platéia no novo longa que estréia nos cinemas em 2012.


____

VARIAÇÕES DO MESMO TEMA
Capa do Abbey Road, dos Beatles

______


ISSO É TERESÓPOLIS
______


ENQUANTO ISSO, NO RECREIO

2 comentários:

Marcio Esbérard disse...

Quem resiste a uma boquinha...

Caporal disse...

Sou do tempo que um fio de bigode valia muito mais que uma palavra.
Depois a palavra passou a valer muito mais que uma assinatura.
Depois a assinatura é a que valia, já que o fio de bigode e palavra caíram em desuso.
Essas alternativas nunca valeram para os políticos, claro e óbvio.
E hoje tivermos mais um exemplo que político está mais preocupado com ele próprio, corta o bigode fora, desdiz as palavras proferidas, joga fora as promessas feitas e rasga a assinatura, tudo em nome de oportunidade de uma boquinha a mais e a certeza de impunidade.
Como o caso da Vereadora depois de sair do PMDB e se filiar ao DEM tem a coragem e falta de ética de reivindicar o seu lugar na CMT que pertence ao PMDB que hoje tem se mostrado que também é sem ética e dado a uma boquinha em todas as esferas.
Decepcionado com tudo relacionado a essa política individual e partidária suja e desprovida de ética. É preciso se repensar com urgência o modelo político em vigor, porque está para lá de ultrapassado.

Plesbicito já para acatarmos as mudanças políticas em nosso País.