Páginas

março 27, 2009


Um balé. Assim pode-se definir o que aconteceu na sessão da Câmara de Vereadores nessa última quinta, 26 de março, quando os edis tiveram a oportunidade de tomar um show de segurança do sec. de segurança Laet Moutinho que respondeu atenciosamente todos os questionamentos do legislativo sobre suas ações a frente da secretaria.

Alguns vereadores que vinham se referindo ao referido secretário como sendo irresponsável, burro e até maluco se renderam diante de mais um olé que deixou bem evidente a atual diferença entre o discurso da oposição e a realidade dos fatos.

"Confesso que num primeiro momento a população do bairro do Alto estava desesperada com as alterações do trânsito mas ele (o Laet) chegou e cessou a preocupação de todos" - disse Marcelo Oliveira. Laet explicou que sua intenção é fazer o melhor possível pela cidade, de maneira democrática e com a participação de toda a sociedade e que para isso vem constantemente se reunindo com a população.

Laet Moutinho tem 33 anos de Polícia Militar tendo trabalhado em outros orgãos de segurança pública e territorial. Fez cursos nos Estados Unidos, Europa e Ásia, muitas das vezes com o dinheiro do próprio bolso. "Minha ficha é limpíssima, graças a Deus e me sinto frustrado, como professor, por ser tão mal interpretado" - disse o secretário.

Confira no vídeo abaixo:

video
O BADARTS acompanhou uma das reuniões do secretário com a sociedade e foi testemunha e orgão divulgador da competência e espírito democrático do secretário que se dispõe a escrever "a quatro mãos" os projetos de sua secretaria. Como bem lembrou o vereador Claudio Mello durante uma das sessões, "a verdade estava aqui (no BADARTS) pra quem quisesse ver". Mas a maioria dos vereadores preferiram convocar o secretário que acabou dando um olé no zagueiro, driblando o goleiro e fazendo seu gol de placa. Vivendo e aprendendo. Na próxima quinta a sabatinação deverá ocorrer com a Sec. de Educação, a professora Magali Tayt-Sohn. Estaremos lá conferindo mais um capítulo da novela G7 versus Governo Jorge Mário que até agora aponta para um belíssimo final do mocinho da Casa Rosada.


Competições de esculturas feitas em gelo e neve estão se tornando cada vez mais populares pelo mundo, com a mais famosa sendo realizada anualmente em Harbin, China. Ela atrai pessoas de todo o mundo, mostrando a grande habilidade dos artistas em dezenas de obras cheias de magia, jogo de reflexos, luzes e encantos do inverno.

A partir da próxima quinta, 2 de abril, todo o sistema de limpeza urbana em Teresópolis passa para a responsabilidade da iniciativa privada. O contrato para a prestação dos serviços de limpeza urbana e de operação do Aterro Controlado, em regime de emergência, tem duração de seis meses e foi assinado na última quinta-feira, 26, entre a Prefeitura de Teresópolis e a Vital Engenharia Ambiental. “Nós assumimos a Prefeitura com a situação caótica da coleta e da destinação do lixo, inclusive com descumprimento de termos de ajuste de conduta firmados com o Ministério Público. A opção pela terceirização se torna necessária em função do nosso compromisso com o meio ambiente, com a saúde pública e o saneamento básico do município. São bandeiras de campanha e compromisso nosso de política pública de governo” - explicou o Prefeito. Segundo o governo, com essa contratação, a Prefeitura não precisa investir em equipamentos, evitando altos gastos com a manutenção da frota de veículos. Outra vantagem é que possibilita a introdução constante de modernas e eficientes tecnologias, graças ao planejamento de orçamentos em longo prazo. O Secretário de Serviços Públicos, Paulo Marchesini, apontado até mesmo pela oposição como um dos melhoressecretários do atual governo, destaca que o Município vai ser beneficiado em vários aspectos. “Teresópolis contará com a profissionalização da coleta, o transporte adequado de todo o material e com a correta destinação final dos resíduos sólidos. Além disso, com a terceirização da limpeza urbana, a Secretaria estará com a sua equipe de trabalhadores liberada para a prestação de outros serviços importantes, na cidade e no interior, como asfaltamento, operação tapa-buracos e restauração de galerias. Com certeza a população terá as suas necessidades melhor atendidas”, avalia Marchesini.



Terceirização em abril - A partir da próxima quinta-feira, dia 2 de abril, a empresa Vital Engenharia Ambiental passa a ser responsável pela coleta domiciliar de lixo e pela disposição final, bem como pelo trabalho de varrição, capina e de recolhimento de lixo nas vias públicas. A Prefeitura de Teresópolis especificou ainda no contrato que a coleta de lixo hospitalar vai recolher o material em caminhão tanque e com profissionais treinados para evitar contaminação.

Há 14 anos no mercado e atendendo a dez prefeituras, a empresa vai atuar em Teresópolis com uma equipe de 300 profissionais, trazendo uma frota de 15 caminhões novos, entre compactadores, pipa e basculante.

A empresa disponibiliza 250 vagas, distribuídas pelos cargos de varredor, coletor, servente, ajudante de produção, ajudante de manutenção mecânica, soldador, mecânico, eletricista, motorista com carteira de habilitação na categoria D ou E e operador de retroescavadeira.

O cadastramento dos interessados deve ser feito no escritório da Vital, localizado na Estrada Rio-Bahia, km 82, na proximidade do Viaduto do Meudon, antigo endereço da concessionária de veículos Carmax. O atendimento acontece a partir das 8h e os interessados devem apresentar os seguintes documentos: carteira de trabalho, carteira de identidade, CPF, título de eleitor, PIS, certificado de reservista, certidão de nascimento ou de casamento, carteira de vacinação dos filhos menores de 14 anos e comprovante de residência, além de três fotos 3x4 atuais.

“O pessoal contratado passará por treinamento para conhecer a política da empresa e as regras de segurança no trabalho. Todos trabalharão devidamente uniformizados e utilizarão todos os equipamentos de proteção individual indicados para cada função”, explica o diretor da Vital Engenharia Ambiental, José Eduardo Sampaio.

Contratação Polêmica - Ainda que seja fato que a terceirização do serviço do lixo seja um sucesso na grande maioria das cidades que utilizam de tal estratégia, existe um administrador de empresas gaúcho chamado Enio Noronha Raffin que discorda em gênero, número e grau de tal medida. Anti-petista roxo, Enio, que vem denunciando, entre outras, a empresa Vital Engenharia Ambiental Ltda., há meses pois segundo ele, a empresa faz parte da "máfia do Lixo". Enio já dedicou um livro ao assunto e também mantém um site onde dá maiores detalhes sobre aquilo que chama de máfia do lixo:




Nenhum comentário: