Páginas

julho 31, 2008



ROBSON OLIVEIRA
Teresópolis está repleta de gente com muito talento e sobre isso não pairam dúvidas. O que chama a atenção é que nosso próprio povo não reconhece seus valores como deveria.


Músicos, pintores, poetas, atores, todos são a expressão do espírito de uma povo. A arte deve conter valor social como o poderoso meio de comunicação que é e deve ser dirigida e em termos compreensíveis à percepção da humanidade.

E é nesse campo que se encontra Robson Oliveira.

Ele é o proprietário da RDS Design (http://www.rds.art.br/) aos 35 anos Robson nos lembra que no seu caso os seus "dons" eram tão gritantes que não permitiam que ele seguisse outro caminho que não fosse o da arte.

Na infância, Robson não parava de desenhar. "Fiz a 6ª série três vezes e a 4ª duas vezes"- conta Robson. Estivemos na sede da RDS Design e gravamos o vídeo que você confere abaixo:


O vídeo está disponível também no YouTube porém o melhor de tudo deixamos para o final do post: Nas próximas semanas Robson começará a produzir um material exclusivo para o internauta que será exibido orgulhosamente pela BADARTS. Há alguns anos atrás, Robson fez charges políticas para alguns jornais e ultimamente está se sentindo "inspirado" para desenhar o nosso dia-a-dia de novo. É Teresópolis acima de tudo unindo os que dela sentem-se filhos. Amar o que se faz. Essa é a diferença crucial.

Designer de sucesso em Teresópolis, com fortuna avaliada em mais de 30 milhões de reais e autor de trabalhos encomendados por empresas como a Petrobras, Scoop, Bebidas Comary, Fachinas e muitas outras, Robson dá a dica: "Se você gosta de desenhar, desenhe. Não pare nunca. Esse é o segredo." Robson é mais um dos muitos talentos Teresopolitanos.

E os "tentáculos" da Justiça Eleitoral de Teresópolis não dão trégua pra marmanjo. Os mais novos abates do grupo foram alguns Tricanistas que há muito vinham pedindo por isso. Há mais de um ano que Tricano & Cia vem fazendo sua campanha livremente pela Geração 2000, pelos jornais que estão em seu apoio e mais recentemente na TV Brasil e OBRAC (sim, a Oscip que faz campanha eleitoral!).
Pela internet, qualquer membro do Orkut tem acesso a todos os acontecimentos que foram entendidos como propaganda eleitoral irregular pelo povo e agora também pela justiça, numa demonstração que ao menos em Teresópolis ela tarda mas não falha...

Parabéns ao Dr. Márcio Cardoso e também a Dra. Daniela Assunção pelo excelente trabalho realizado em Teresópolis.

Veja se isso são modos de um Secretário de Governo:

Acima, o Secretário Pintinho ao lado do Paulada o Carnaval Teresopolitano de 2008.


Brasil e Argentina ultimamente tem se enfrentado com a rivalidade tradicional porém desa vez a disputa está acontecendo fora das quadras e gramados. A Brasileira Shela de Almeida e Argentina Sabrina Sabrok vem constantemente aumentando o volume siliconal de suas tetas afim de se tornarem a mulher mais siliconada da méria Latina. A Brasileira que havia perdido o título do Guiness par a Argentina, nessa semana trocou suas próteses.

E você o que prefere?
Muito ou pouco peito?
O ideal na verdade são apenas dois.

Sheyla de implantou uma nova prótese de silicone nos seios e desbancou a apresentadora de TV argentina Sabrina Sabrok, que até então ostentava o título de maiores seios da América Latina. Agora, Sheyla tem 3,5 litros em cada mama.

A cirurgia, realizada no Brasil, será exibida em um reality show da rede de TV americana CBS. "Meus seios ficaram enormes. Não estou conseguindo nem respirar direito", brincou Sheyla. Sheyla foi operada nesta segunda-feira, e após menos de um dia já se sentia bem, apenas com um pouco de dor. A recuperação deve durar uma semana."O médico falou que a minha pele é muito boa. Ele ficou abismado, disse que caberia até uma prótese maior", contou Sheyla, que quer, até o fim de 2009, bater o recorde mundial, com oito litros de silicone em cada mama.

Abaixo, a argentina Sabrina Sabrok:

Segundo a modelo, a próxima cirurgia não está marcada porque depende de como seu corpo reagirá à nova prótese. A previsão inicial é de que uma nova operação aconteça nos primeiros meses do ano que vem.Neste domingo, Sheyla apresentará as próteses no programa Domingo Legal, especialista em aberrações do tipo.

Sheyla topou fazer um filme pornô por um valor menor do anterior, que era de US$ 1 milhão, e agora só depende da produtora Brasileirinhas aceitar o cachê. "Mas eu ficarei satisfeita com a quantia que eu irei ganhar e, pra dizer a verdade, vai ser ótima", disse a "atriz". Não se surpreenda se a moça aparecer cantando ou apresentando um programa infantil.

A foto abaixo foi tirada no final de junho na Praça da Matriz de Sta. Tereza.
Nela, velhinhos jogam seu carteado protegidos do frio do inverno pela idéia de algum ancião que faz jus a expressão "jeitinho brasileiro".


Cuide bem dos SEUS.

Acima, o Varzea palace Hotel nos idos de 1960.

Como surgiu o terno e a gravata?
O terno surgiu na França, no século XVIII. Era moda utilizar paletó, colete, camisa e calças feitos com diferentes tecidos, padrões e cores. O corte era largo, e o terno foi pensado como um vestuário de campo informal, conhecido como "roupa de descanso". Como essas roupas também eram utilizadas para andar a cavalo, os alfaiates faziam uma fenda atrás no paletó - origem das aberturas encontradas nos ternos atuais.Apenas em 1860 todos os componentes de um terno passaram a ser confeccionados com o mesmo tecido.

Agora a gravata acredita-se que tenha surgido na corte de Luís XIV, o Rei-Sol.Vaiodoso o monarca francês encantou-se com o efeito de um pedaço de cambraia branca em volta da gola dos uniformes dos soldados croatas acampados nos arredores de Paris. O acessório era usado com distintivo militar.Luís XIV mandou que o alfaiate da corte adaptasse um pedaço fino de pano branco à gola de seus uniformes. O povo francês gostou da inovação e a aprimorou: Em vez de usá-la aberta sobre o peito, amarrou-a em volta da gola.
Só quem conhece o Secretário de Esportes de Teresópolis Mário Silva tem a idéia exata do que ele estava sentindo na foto baixo:

Mário odeia ternos. Quando recebeu o convite do Prefeito para assumir a Secretaria de Esportes Mário teve que se submeter a um acordo. No aniversário da Cidade e no 7 de Setembro, Mário deveria usar terno e gravata. Assista o vídeo abaixo onde o próprio Petto nos mostra os detalhes da beca do nosso secretário:



Em setembro tem mais!





A nossa primeira reacção perante uma obra de Ron Mueck é de espanto. A nossa admiração surge quase instintivamente ao examinarmos os pormenores dos corpos humanos que invariavelmente são o tema das suas esculturas. Será o autor um artista ou apenas um excelente artesão - um técnico? É o próprio quem se coloca à margem desta polémica: "Jamais quis ser um escultor. Não sei bem porque faço isto mas não me imagino a fazer outra coisa. Não me considero um artista, isto é simplesmente a única coisa que sei fazer."

Na verdade Mueck é um criador de marionetas. Natural da Austrália, instalou-se em Londres em 1983 para trabalhar com Jim Henson, o famoso criador da Rua Sésamo e d'Os Marretas. A experiência que adquiriu fez com que se aventurasse no mundo da publicidade como fabricante de manequins. A partir daqui a sua história é semelhante a um conto de fadas... Em 1996 a pintora portuguesa Paula Rego, há muito radicada em Londres, conheceu Mueck e encomendou-lhe um manequim de Pinóquio para um dos seus trabalhos. O modelo que executou era de tal modo expressivo que a pintora o guardou para si no seu atelier onde, algum tempo mais tarde, foi descoberto pelo coleccionador de arte Charles Saatchi. O marionetista viu-se assim retirado do mundo da publicidade e lançado inesperadamente para o meio artístico.

A sua entrada na cena artística foi um verdadeiro escândalo! Uma das primeiras obras que apresentou foi uma escultura do seu pai, recentemente falecido, todo nu. Plena de realismo, a escultura tinha outra característica ainda mais chocante: não media mais do que 1 metro de comprimento. Que ideia macabra era aquela? Longe de ser escandalosa, tratou-se de um sentido acto de amor.


Esta é uma das enormes virtudes das obras de Ron Mueck: a fragilidade dos seres humanos apresentada de um modo cru, não seres humanos perfeitos mas precisamente o contrário. É essa qualidade que as torna insuportavelmente reais mas também profundamente emotivas, tocantes até, a que a escala monumental ou diminuta das figuras acrescenta uma estranheza inquietante. Simultaneamente reais e falsas, encarnam afinal a dualidade do ser humano, também portador, tal como Pinóquio, da verdade e da mentira.



Acima o "Maluco-Doido" Claudinho Mesquita e seu aparato para dominar o mundo.


Na falta dos shows e eventos previstos no projeto feito pelo Alessandro Nogueira para a Calçada da Fama, são os Pastores Envangélicos que se tornaram as maiores atrações do ponto turístico:


Notem ,ao fundo, o mesmo pastor que trouxemos para o internauta, semanas atrás.


Olha o que descobrimos essa semana:
O Raphael em seu Orkut está nos colocando como referência em Teresópolis. Que irreponsabilidade! Não faz isso não Raphael! Cuidado que podem até te processar!


Vejam só as caras e bocas que o humorista Josué Oliver fez quando teve que ficar de frente com a agulha no "SOS Nathan".



Mais um vídeo com exclusividade BADARTS.

Um comentário:

Lu disse...

Oi gente, podemos contar com vocês na segunda campanha SOS NATHAN?? Será nos dias 19 e 20 de setembro!! Valeu!!