Páginas

agosto 14, 2013

CPI DA REGIÃO SERRANA É SOTERRADA NA ALERJ
Naufragou mais uma tentativa de investigação do governo Sérgio Cabral. A proposta de uma CPI que visava descobrir onde estão os 74 milhões de reais enviados pelo governo federal para obras nas escolas atingidas pela catástrofe de 2011, acabou não atingindo o número mínimo de assinaturas, graças à debandada de 11 deputados.
Edino Fonseca (PEN), Ricardo Abrão (PDT), Roberto Henriques (PSD), Marcos Abrahão (PDT), Cida Diogo (PT), André Ceciliano (PT), Alexandre Corrêa (PRB), Myrian Rios (PSD), Márcio Panisset (PDT), Chiquinho da Mangueira (PMDB) e Waguinho (PRTB) resolveram retirar seus nomes da lista, impedindo que a CPI ocorresse. 

A ABUSADA
Professora testando os limites dos soldados da Guarda Municipal num protesto:



MARAVILHAS DA INCLUSÃO DIGITAL

Nenhum comentário: