Páginas

fevereiro 28, 2013

ANDORINHA SOZINHA
O aumento do salário dos vereadores, defendido pelo petista Cláudio Mello na sessão da Câmara da última terça, 26 de fevereiro, não foi bem recebido pelos internautas. A idéia surgiu após a aprovação de um aumento de 9% nos vencimentos dos servidores do legislativo. Cláudio lembrou que isso faria com que alguns servidores ganhassem mais que os vereadores que estão com os vencimentos bem abaixo de cidades como Japeri, Magé e Guapimirim. 
O edil lembrou que, por lei, os vereadores de Teresópolis poderiam estar recebendo até 10 mil reais. Dr. Carlão (PMDB) e Dr. Antônio Francisco (PP) se manifestaram contrários a idéia e destacaram os prejuízos eleitorais que a mesma poderia causar. Foi o que bastou para que estudantes iniciassem a organização de uma manifestação na Câmara. Pelas redes sociais, o site Panelinha Serrana também iniciou uma coleta de assinaturas contra a idéia. Já da Câmara, surge a informação que é equivocado o alarde, uma vez que não houve nada além do manifesto solitário do vereador que defendeu a questão e que mesmo que o aumento fosse aprovado, só valeria para a próxima legislatura. Apesar disso, 9 dos 12 vereadores não externaram suas opiniões a respeito do assunto.

NOTA OFICIAL DA CÂMARA
A Câmara de Veredores de Teresópolis emitiu uma nota no final da tarde dessa quinta, 28 de fevereiro, tranquilizando a população a respeito do aumento dos salários dos vereadores e lembrando que não existe nenhum projeto de lei ou proposição a respeito do assunto e mesmo que isso ocorra, os novos valores só seriam praticados pela próxima legislatura, por força da lei. Para ler a nota na íntegra, clique aqui.

"QUE PAPELÃO, HEIN?"
Melissa de "perna aberta", depois da escola...

Nenhum comentário: